sexta-feira, 7 de junho de 2013

Facada nas costas




A covardia pode ter várias faces. A mais conhecida é a da facada pelas costas. Esta é capaz de indignar qualquer ser humano. Mas existem outras e a mais sutil e tão devastadora é a covardia política. É a covardia daqueles que dizem representar os interesses da coletividade e que mancomunados com interesses muitas vezes inconfessáveis, transformam seus mandatos em instrumentos a serviço de poucos Se escondem atrás de uma suposta doutrina partidária para praticar os atos mais pérfidos e, protegidos pelo manto da impunidade política que a fraca memória dos eleitores lhes oferece, apunhalam aqueles mesmos cujos interesses juraram defender.

 A renovada Câmara Municipal de Francisco Sá alegando defasagem na tarifa de água aprovou um aumento exorbitante de 30% no preço da tarifa mesmo com a falta da mesma nas torneiras, contrario ao aumento salarial do servidor municipal que também está defasado e só foi contemplado com aumento de 13,9%. A mais covarde e pusilânime das atitudes das atitudes políticas, a apreciação e votação de um projeto veementemente contestado pelo povo brejeiro e sem que a estes fosse dada qualquer chance para um debate político mais amplo, com uma urgência a maioria dos vereadores votou a favor do projeto do executivo, numa sorrateira e vergonhosa atitude, demonstrando o despreparo para a função que deveriam desempenhar.

Outro ato de covardia foi a retirada da faixa em que a população parabenizava aos vereadores Oldack Junior e João Pinto por terem votado contra o aumento.

5 comentários:

Marcia Beatris disse...

A tão pedida renovação politica brejeira foi concretizada na ultima eleição municipal o triste é que foi para pior, talvez seja essa a pior composição dos últimos tempos, salvo raríssimas exceções. A vereadora mais votada não mostrou comprometimento com a causa popular.

J.AAragão disse...

Beleza, o blog parece que voltou e já com um bom artigo espero que deem continuidade ao trabalho

Ricardo disse...

O povo do brejo realmente levou uma facada nas costas, do jeito que vislumbra haverá outras, temos que policiar esses vereadores.

Anônimo disse...

Qual seria o motivo,que estes dois vereadores votaram contra?(...)

Anônimo disse...

Qual seria o motivo que vocês não publicam as mensagens anõnimas? (...)