domingo, 9 de maio de 2010

Projeto Polemico

Um projeto de lei circula pela câmara municipal de Francisco Sá para a doação de R$1.500,00/mês para a Rádio Raízes, o qual gerou muita revolta entre a população brejeira, tendo em vista que nossa cidade está carente de investimentos em vários setores e muitas dividas contraídas desde a administração anterior, a hora é de enxugar a maquina e não contrair novas despesas com recursos empregados em áreas que não são prioridades, inclusive no caso do projeto, a rádio tem forte vinculo com o atual prefeito, sendo no caso uma artimanha política.
No caso de ser aprovado essa despesa extra poderá dobrar de valor, porque a radio Raízes não é a única radio dita comunitária em nossa cidade.
Veja no quadro abaixo que existe outra rádio aguardando licença para começar a funcionar, assim sendo se der dinheiro para uma tem que dar para a outra aumentando a despesa para o município.
                                                       Clique no quadro para ampliar
                                                                                                                                                                                                                      
Abre-se um precedente, pois as demais associações comunitárias do Brejo terão o direito de reivindicar o beneficio, visto que, se der mesada para uma tem que dar para as demais, o que geraria um grande soma mensal.
Cabe portanto os vereadores estudar esse projeto e ver que além de inviável vai contra o desejo da população e aprovar projetos que contrariam os eleitores são votos perdidos na próxima campanha

5 comentários:

João Alves Pereira disse...

Concordo que se aprovado esse projeto de doação de R$ 1.500.00/Mês, abre um precedente na criação de novas doações por parte da prefeitura, realmente as demais associações brejeiras teriam legitimado seu direito de receber uma doação mensal da prefeitura. Acho que também os Srs. Vereadores teriam que fazer um levantamento para saber se a associação está regulamentada, com provas que atestam sua veracidade. Mora há mais de 10 anos no bairro São Jorge, nunca fui procurado por nenhum membro dessa associação, não sei onde fica sua sede. E se realmente ela presta algum tipo de serviço para nossa comunidade. Cabe a câmara antes de votar uma aberração dessas, levantar essas informações, o povo quer saber aonde vai nosso dinheiro.

Anônimo disse...

Isso é que é legislar em causa própria, essa rádio não é conhecida como a rádio de Zé Mário, acho que isso deve parar é no ministério público, isso é crime!

Anônimo disse...

Peço, vênia, mas, se todos os projetos considerados não próbios ou seja, inviávéis, "contra o eleitorado",viessem a desencandear uma reação indômita do cidadão,o legislativo municipal, seria extinto ou expurgado, como fizera napoleão ao instituir o seu consulado! Não concordam?

Friedrich Muller disse...

Desmistificar a oligarquia não é coisa simples,que saber? eles(oligarcas) sugam tudo de bom que há no mundo! Se você serve,presta,o sistema de sucção da oligarquia irar te absorver, como um ovovipero réptil degola um cururu rente ao lago no entardecer,portanto, a supremacia real,somente à estes pertecem! O resto é uma casta infra, que recebe todo o lixo e vivem deste lixo como se fosse luxo,luxo,lixo,luxo... ... ...

O BREJO IN QUESTÕES disse...

Tenho uma sugestão:

Já que a rádio é do Zé. Porque ele não tira do próprio bolso e doa em causa própria.

Não é o Zé quem manda e desmanda?
Não é ele quem mandou suspender a transmissão das reuniões da cãmara?

Então manda-chuva? faz chove dinenheiro na sua rádio.