sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Banheiro inoperante.


Por Piolho o Marciano
piolhoomarciano@gmail.com




Após a publicação do artigo,FALTA O BÁSICO NO SANEAMENTO BÁSICO,recebemos por e-mail um comunicado que novamente traz à tona o tema WC, envolvendo mais uma vez um órgão publico,desta feita envolvendo o Centro medico odontológico Dr. Tiburtino Colares da Silveira(Mini-Posto),localizado na praça Rogério Costa Negro em Francisco Sá(MG). Foi relatado por Dentistas que trabalham na referida unidade que há meses os banheiros apresentam problemas com o mecanismo de descarga, o que obriga o usuário,após o uso dos vasos sanitários(quando tem coragem),jogarem agua com um balde nos mesmos.Para ajudar o órgão competente a solucionar esse ato constrangedor sugerimos através do artigo abaixo,copiado de http:neorama.wordpress.com,uma solução ecologicamente correta para sanar esta deficiência.Veja a solução no artigo abaixo.
______________________________________________________________________________________________

BANHEIRO SEM ÁGUA



by Vanessa Cicarelli





O IPEC, Instituto de Permacultura de Ecovilas do Cerrado, está localizado em Pirenópolis, Goiás e há 6 anos é modelo em sustentabilidade no Brasil. Permacultura é uma metodologia de design de comunidades sustentáveis, ou seja, comunidades que suprem suas necessidades de forma ecológica, eficiente e com um custo muito baixo. Como hoje, um dos maiores problemas ambientais é o saneamento, eles desenvolveram o projeto para um banheiro compostável. Ao acionar a descarga de um vaso sanitário convencional, aproximadamente vinte litros de água potável são consumidos, mas através do processo da compostagem nenhum litro de água é utilizado, os dejetos humanos são transformados em adubo, que por sua vez é utilizado nos cultivos para se tornar novamente comida. Em zonas rurais ou em periferias urbanas, esta tecnologia dispensa o uso da descarga e de tubulações de água. Assista ao vídeo e descubra como esse sanitário funciona. Publicado originalmente no Update or die.

2 comentários:

José de Assis Aragão disse...

Esses dentista que reclamaram da deficiência no mecanismo de descarga dos WC,podiam também reclamar da falta de material para executarem seu trabalho.

Ronaldo Fenomeno disse...

Muito relevante a idéia do banheiro compostável,ecologicamente correto, só tenho uma duvida,como fica o papel higienico neste projeto.